Com recém completados 24 anos de idade Marília Mendonça era, até então, a compositora mais concorrida do mercado sertanejo. Agora, acumula mais um título; o de cantora mais concorrida. No final de 2015 ela lançou seu primeiro DVD sem grande pretensões, mas em seu primeiro show em Goiânia tomou um susto: os ingressos esgotaram uma semana antes da apresentação. Ela mal sabia o que faria no palco, mas algumas coisas são, de verdade, instintivas! Marília ganhou Goiânia, Brasília e foi desbravando cada cantinho, até chegar no nordeste onde virou rainha da sofrência! Hoje superou artistas como Adele e Lady Gaga em visualizações no YouTube, Marília também é a primeira artista brasileira a atingir a marca de 4.9 BILHÕES de visualizações em seu canal oficial de vídeo em menos de três anos.

Seu primeiro DVD foi gravado em 2015 em uma sala do estúdio de Eduardo Pepato, com aproximadamente 40 metros e para 30 pessoas envolvendo equipe, compositores amigos. Em 2016, a gravação do segundo DVD aconteceu no Sambódromo de Manaus/AM, para mais de 40 mil pessoas. O registro, que também foi lançado em CD, foi indicado ao Grammy Latino 2017 na categoria “Melhor Álbum da Música Sertaneja”.

Em 2018 lançou para o projeto “Agora É Que São Elas” quatro faixas inéditas: “Estranho”, “Ausência”, “Parece Namoro” e “Coração Mal Assombrado”. Ao lado da dupla Maiara e Maraisa, o projeto audiovisual alcançou a marca de 1 bilhão de visualizações. O resultado foi divulgado como a maior marca que uma produção gravada no YouTube Space Rio já atingiu. Além do sucesso com as músicas do álbum, Marília encerrou 2018 com uma das músicas mais tocadas do país, “Transplante”, em parceria com a dupla Bruno & Marrone.

Imagens